Os designers Charles e Ray Eames eram quase tão famosos pelas suas máximas pessoais como pelas suas cadeiras icónicas: Aprende fazendo. O design é para a vida. Inovar como último recurso. E, talvez o mais importante, Leva o teu prazer a sério. Aos olhos dos Eames, levar o prazer a sério não era tanto sobre relaxar numa espreguiçadeira (embora a vida deva sempre incluir algumas delas), mas mais sobre abrir espaço para perseguires os teus verdadeiros interesses e paixões com dedicação focada. A dupla de design de marido e mulher foi extremamente exigente sobre os projetos que aceitou, permanecendo comprometida em trazer uma sensação de brincadeira exploratória para tudo o que fez.

À medida que emergimos no nosso novo mundo, todos nós devemos passar algum tempo a pensar sobre o espaço que reservamos para o prazer no dia-a-dia. Quanto do nosso tempo é ocupado por coisas que fazemos com uma sensação de obrigação, mesmo quando nem o processo nem os resultados nos fazem sentir particularmente grandiosos? Como seria o teu trabalho (e vida) se adotasses uma filosofia de “prazer em primeiro lugar”? Num mundo que equipara a abnegação com o autodomínio, reorientar as nossas vidas em torno das coisas que nos trazem alegria parece um ato radical.

A Smiley sempre foi um farol para o otimismo desafiador.

Neste momento crucial da história, estamos a inspirar as pessoas a imaginar, refletir e manifestar um futuro melhor.
 
Em colaboração com a autora Phoebe Lovatt e uma série diversificada de artistas visuais, estamos a partilhar visões, pensamentos e filosofias sobre o futuro num esforço para inspirar as pessoas com mais positividade, criatividade e ideias grandes e mais brilhantes. 

Bem-vindo ao #SmileyFutureProject.

Palavras de Phoebe Lovatt
Ilustrações de Wekaforé Jibril